Triagem para Covid-19 atende metade da capacidade em 24 horas em Londrina

São 190 pessoas que procuraram UPA do Sabará que é capaz de receber 400 ao dia

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará, na zona oeste de Londrina, recebeu na quarta-feira (25) quase a metade da capacidade diária, isso nas primeiras 24 horas como posto exclusivo para triagem de casos do novo coronavírus. Foram 190 atendimentos e a UPA é capaz de atender 400 pessoas diariamente. 

A procura pelo serviço já no início mostra a importância de a população se manter isolada em casa e de manter o comércio fechado neste momento. Assim, há uma redução na transmissão da doença, menor risco de ultrapassar o limite de atendimentos na saúde pública e, como consequência, menor risco de mortes por falta de assistência e redução do tempo em que a economia local será afetada. 

Londrina tem apenas três casos confirmados de pacientes que contraíram a doença no exterior, mas o número de pacientes com suspeita disparou para 516, segundo o último balanço da Secretaria Estadual da Saúde. Em parte, isso ocorre porque houve mudança na metodologia e qualquer pessoa com sintoma do vírus Covid-19 passa a ser considerada como teste em investigação. Há 20 casos descartados.

Leia mais: