Trecho da Souza Naves passa a contar com Zona Azul em Londrina

Para utilizar a área, o condutor pode fazer a aquisição de créditos no totem eletrônico instalado na via, com a inserção de moedas

A partir desta quinta-feira (25), motoristas que circulam pelas imediações do Hospital Mater Dei de Londrina poderão contar com mais 11 vagas de estacionamento rotativo. Para garantir a alternância dos veículos que utilizam os espaços em ângulo localizados na lateral do estabelecimento, na rua Senador Souza Naves, a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) autorizou a ampliação da Zona Azul na via da avenida Bandeirantes até a rua Fernandes Camacho.

Implantada com o intuito de facilitar a vida das pessoas que buscam os serviços de saúde oferecidos na região, a medida decorre de estudo técnico da CMTU. A análise – realizada após solicitações da comunidade - apontou a necessidade de aumentar o fluxo de ocupação das vagas situadas no entorno, mesmo com a Zona Azul consolidada na avenida Bandeirantes já há vários anos. No novo local, o estacionamento regulamentado irá funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e das 9h às 13h aos sábados.

Para utilizar a área, o condutor pode fazer a aquisição de créditos no totem eletrônico instalado na via, com a inserção de moedas. A compra - inclusive nas modalidades débito e crédito - também pode ser feita diretamente com os monitores e supervisores que atuam nas ruas. Outra possibilidade de obtenção dos tickets é por meio de um cartão de recarga que é comercializado pelos atendentes. O dispositivo é vendido ainda pela banca de revistas instalada próximo à entrada do Pronto Socorro, perto do estacionamento do hospital.

Com o aplicativo Estacione Legal, por sua vez, o condutor pode obter créditos através de boleto bancário e pagamento on-line, com a chance de recuperar o período pago e eventualmente não utilizado. A ferramenta foi lançada em maio de 2019 e está disponível para dispositivos Android e iOS. Para o diretor de Trânsito da CMTU, major Sergio Dalbem, a criação das novas vagas vai favorecer, principalmente, pessoas enfermas e familiares de pacientes internados. “Além de benefícios à mobilidade urbana, essa ação vai trazer um pouco de conforto aos cidadãos que, em momentos de dor e dificuldade, muitas vezes ainda acabam se estressando à procura de onde estacionar o carro”, pontuou. 

Zona Azul – Londrina possui atualmente cerca de 2.460 vagas rotativas, distribuídas principalmente no quadrilátero central, na região do Centro Cívico e na avenida Bandeirantes. Com tarifa de R$ 1,70 a hora estacionada e aproximadamente 70 trabalhadores ativos, o serviço é administrado pela Epesmel, entidade beneficente que atua junto a crianças e adolescentes com idades entre seis e 17 anos. Com assessoria da CMTU.