Temporal faz estragos na saúde da capital do Paraná

Alagamento fechou PS do Hospital do Trabalhador e não há previsão de reabertura

Chuvas estão afetando diretamente várias regiões brasileiras, entre elas a capital do Paraná. Não há previsão para reabertura do Pronto Socorro do Hospital do Trabalhador, fechado desde ontem (15) durante o temporal que atingiu Curitiba no início da noite. Neste domingo (16), a Secretaria de Estado da Saúde informou que os equipamentos estão sendo avaliados tecnicamente e a equipe do hospital trabalha para reestabelecer as condições operacionais o mais rápido possível.

O diretor do Complexo Hospitalar do Trabalhador (CHT), Geci Labres de Souza, afirmou hoje que ainda não há uma previsão de quando o PS irá reabrir. Imóvel ficou totalmente alagado, provavelmente diante de refluxo das estruturas pluviais. A água invadiu principalmente as salas de tomografia e raio X, ambos equipamentos de alto custo. 

Os pacientes atendidos pelas ambulâncias estão sendo encaminhados para os hospitais Cajuru e Evangélico Mackenzie, até que a situação normalize. Os pacientes atendidos no Pronto Socorro do Hospital do Trabalhador foram remanejados para outros espaços do hospital.

Hoje, o Papa Francisco lembrou das vítimas das chuvas e das enchentes que atingiram diversas regiões do Brasil. O líder da Igreja Católica rezou especialmente por aqueles que perderam casas durante as tempestades. O papa pediu o apoio de todos, para que ajudem as pessoas mais afetadas.