Rony Alves deve retornar à Câmara nesta quinta-feira

Com a volta do parlamentar, Tio Douglas será desligado do cargo

Com o retorno do vereador Rony Alves à Câmara de Londrina, o suplente Tio Douglas será desligado das atividades parlamentares. Isso ocorre após decisão do juiz da 2ª Vara Criminal, Délcio Miranda da Rocha, na tarde desta terça-feira (1º) em autorizar a volta de Rony ao cargo. Agora, a Câmara tem 48 horas de prazo para vias administrativas, ou seja, o desligamento de um vereador e a reintegração do outro.

O procurador da Câmara, Miguel Aranega, explica que a saída do Tio Douglas é uma decisão baseada na Lei Orgânica do Município. "Nós temos um artigo na lei que estabelece que o vereador afastado do cargo por decisão judicial; o vereador suplente que entra em seu lugar é o mesmo que sai quando ele retorna", disse em entrevista ao portal Paiquerê FM News.

A decisão da Justiça apontou que a fase de instrução da ação da Operação ZR3 já foi concluída, não sendo mais necessário que o vereador investigado permaneça afastado. Por outro lado, o pedido de prorrogação do afastamento do parlamentar pelo MP argumentava que a medida era necessária para o restabelecimento da moralidade na Câmara.

Leia mais:

Jornalismo Paiquerê FM News