Prefeitura de Londrina encaminha à Câmara PL para adquirir mais vacinas contra a Covid-19

Objetivo é formalizar a inclusão de Londrina no Consórcio de Municípios do Brasil e viabilizar a compra de novas doses de imunizantes

A Prefeitura de Londrina enviou à Câmara Municipal, no final da tarde desta quarta-feira (03) um projeto de lei (PL) que prevê autorização para a aquisição de vacinas contra a Covid-19, caso o governo federal não realize as distribuições previstas pelo Plano Nacional de Imunizações (PNI). 

O envio do PL ao Legislativo, em caráter de urgência, ocorre apenas um dia após o prefeito ter assinado o termo de adesão que insere Londrina no Consórcio de Municípios do Brasil, em fase de institucionalização para essa finalidade. 

A previsão é que o tema seja discutido pelo vereadores até a próxima semana, no máximo, uma vez que a adesão deverá ser feita até o dia 19 de março.

Este consórcio está sendo viabilizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), com o objetivo de propiciar o acesso dos municípios a doses de até dez vacinas, todas elas aprovadas e habilitadas por diferentes autoridades sanitárias estrangeiras, entre elas CoronaVac, AstraZeneca e Covaxin.

CÂMARA

O presidente da Câmara de Vereadores de Londrina, Jairo Tamura, garantiu que o projeto de lei será colocado em debate o quanto antes. “Estamos recebendo o documento e daremos máxima agilidade, pois se trata de uma iniciativa de extrema importância no combate à Covid-19".

LEIA MAIS: