PR vai receber quase R$ 1 bilhão da Petrobrás e investir em projetos ambientais

Verba é oriunda de um acordo judicial com a estatal resultante de danos morais coletivos

O Paraná investirá R$ 441 milhões em projetos ambientais nos próximos meses, graças a recursos advindos de acordo judicial com a Petrobras referentes à compensação dos danos morais coletivos e difusos sofridos em razão de acidente ocorrido na refinaria da estatal em Araucária, em 2000. Esses recursos são provenientes das duas primeiras parcelas do acordo depositadas no Fundo Estadual do Meio Ambiente – no total, o Estado receberá um aporte de R$ 930 milhões. 

Dentre as ações, estão previstos investimentos no combate a incêndios florestais, gestão de resíduos, fiscalização ambiental, proteção à fauna silvestre, aquisição de equipamentos para previsão meteorológica e alertas hidrológicos e ambientais, controle de erosão e instalação de parque urbanos em áreas degradadas, dentre outros.

De acordo com a AEN, os projetos e seus planos de ação foram aprovados pelo Conselho de Recuperação dos Bens Ambientais Lesados (CRBAL) após oito reuniões, com amplo debate sobre a viabilidade, a legalidade e a aplicação de cada um.