Posse de ministro da Educação é adiada

Informações de bastidores indicam que ele pode nem assumir

Após uma série de questionamentos quanto ao currículo, o Governo Federal decidiu adiar a posse do ministro da Educação, Carlos Decotelli. A cerimônia estava marcada para amanhã (30). Não foi marcada uma nova data. De acordo com informações de bastidores, todo o currículo do ministro está sendo analisado. Caso seja confirmado que Decotelli mentiu, ele nem deve assumir. A indicação é de que o Planalto já estaria atrás de substitutos. Desde que foi anunciado para o MEC, o economista foi acusado de plágios na dissertação de mestrado, precisou alterar o currículo, já que não teve a tese de doutorado aprovada e também teve a informação de era pós-doutor desmentida.

Leia mais