Polícia localiza mulher que abandonou recém-nascido no Paraná

Em depoimento, ela confessou o crime e disse que estava passando por dificuldades

A mãe de um bebê que foi encontrado com cinco dias de vida, em agosto deste ano, dentro de uma caixa de papelão em Cidade Gaúcha, cidade distante 145 quilômetros de Maringá, foi localizada e, em depoimento à polícia civil, confessou ter abandonado a criança. Foi um morador da cidade que encontrou o bebê em um rua. Câmeras de segurança registraram o momento em que a mulher deixa a criança na calçada.

A polícia cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma casa em Umuarama, onde mora não apenas a mãe, mas também o pai do bebê. A polícia foi até o local após receber informações sobre um casal que seria o suspeito pelo abandono. A polícia também constatou que depois do nascimento do bebê, a família não voltou para consultas de acompanhamento da bebê.

Equipes foram até a casa do casal e levaram a mulher de 29 anos para delegacia, onde prestou depoimento. O pai da criança não foi localizado. No depoimento, a mulher disse que está passando por um momento de dificuldade financeira e só soube três dias antes do parto que estava grávida. O casal então decidiu abandonar a bebê e escolheu Cidade Gaúcha porque passava sempre por lá. O casal já tem um filho.

Leia mais: