Nutricionista esportiva indica alimentação ideal para manter a imunidade do corpo alta

Laís Baduy integrou a equipe do LEC entre 2016 e 2018

Em entrevista exclusiva à Rádio Paiquerê FM 98.9, a nutricionista Laís Baduy deu dicas importantíssimas para a alimentação dos atletas de alto rendimento, que também servem para o público em geral, redobrando os cuidados com a imunidade neste momento de pandemia do coronavírus, onde as atividades físicas ficam reduzidas e o consumo de alimentos, automaticamente, acaba sendo maior. 

Para os atletas, principalmente do futebol, a nutricionista destacou que a manutenção do peso é o principal desafio, alterando a quantia de alimentação neste período: “Eu acredito que seja muito importante para o atleta manter o peso corporal dele, com uma dieta individualizada. A alimentação dele, não pode ser a mesma que é o habitual de quando ele está treinando, jogando, porque o gasto energético dele está muito reduzido.”.

Uma grande preocupação da população em geral é manter a sua imunidade para que não fique suscetível a qualquer tipo de doença. Diante disso, a nutricionista Laís Baduy indicou os alimentos que devem ser consumidos não só pelos atletas, mas pelo público em geral: “É aconselhado o consumo de frutas cítricas em geral, legumes, folhosos, de cor verde escura, que são riquíssimos em nutrientes, como o brócolis, a couve, o espinafre. As oleaginosas também, como amêndoas, avelã, nozes, amendoins, são ricos em nutrientes e fundamentais para a nossa imunidade. Peixes, carnes em geral, ovos, laticínios, cereais, são todos alimentos que a gente precisa manter bem variados na nossa alimentação para que a imunidade esteja sempre forte. Vale ressaltar também a importância da hidratação, de se manter hidratado, bebendo muita água e sucos naturais.”.

É importante frisar que tudo em excesso é prejudicial na vida e com a alimentação não é diferente. A nutricionista fez questão de ressaltar o que é desaconselhável pelos profissionais de saúde, não só neste momento, mas, no dia a dia de um cidadão: “Devemos sempre lembrar dos alimentos a serem evitados, como frituras, alimentos muito gordurosos, fast-food, e os excessos em geral. Temos que lembrar também que bebida alcoólica aumenta o estresse oxidativo do nosso corpo e do nosso metabolismo, portanto, devemos evitar ao máximo.”.

Laís Staevie Baduy é formada em Nutrição pelo Instituto Filadélfia de Londrina em 2008. Na área esportiva, atuou pelo Londrina Esporte Clube entre 2016 e 2018. Também contabiliza experiências no ramo de unidades de alimentação e nutrição e resorts.

Leia mais

Rafael Ribeiro (@ribeirosrafael) é repórter da Paiquerê FM 98.9, produtor-executivo do Rádio Esportes e setorista do LEC