Mudanças tecnológicas vão exigir a capacitação de trabalhadores

Senai estima 10 milhões de profissionais até 2023

O Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) lançou o Mapa do Trabalho Industrial 2019–2023, com o objetivo de orientar a oferta de cursos de capacitação do órgão pelos próximos anos. De acordo com a publicação, o Brasil vai precisar qualificar, até 2023, cerca de 10,5 milhões de trabalhadores industriais. Este contingente profissional é necessário para suprir as demandas ligadas ao setor de tecnologia.

Grande parte destes profissionais citados estudo deverá passar por cursos de reciclagem e aperfeiçoamento. Esta é uma exigência da modernização dos postos de trabalhos e também do desligamento de profissionais, em virtude das aposentadorias. 

A expectativa do Senai é que as mudanças tecnológicas impulsionem a criação de mais de 33 mil vagas. Os setores mais impactados e deverão gerar mais vagas as ocupações de instaladores e reparadores de linhas e cabos elétricos, telefônicos e de comunicação de dados (14.367), operadores de máquinas de usinagem (5.356) e técnicos mecânicos na manutenção de máquinas, sistemas e instrumentos (3.560). 

Leia mais

Jornalismo Paiquerê FM News com informações da Agência Brasil