Mortos por suspeita de coronavírus em Londrina não terão velório

Determinação está em portaria da Acesf

A ACESF estabeleceu medidas de contingência para prevenção da contaminação pelo coronavírus em Londrina. Para falecimento sem qualquer relação com o COVID-19, o velório será autorizado com restrição máxima de até 10 pessoas que podem permanecer simultaneamente nas salas de velório ou cerimônias de despedida realizadas em crematórios. As celebrações terão duração de duas horas e poderão ser realizadas apenas durante o dia. 

Nos casos de falecimento de pessoas contaminadas pelo COVID-19, em casos suspeitos (sem confirmação por exame), ou doenças que possam estar relacionadas, a urna deverá ser lacrada e não haverá cerimônia de despedida ou velório, devendo ser encaminhado diretamente para sepultamento/cremação. A medida visa evitar a contaminação de outras pessoas pelo vírus. A orientação é que se adote, para os casos suspeitos, preferencialmente, a cremação.