Justiça determina que família de vítima de acidente seja indenizada

Defesa da motorista Daiane Freire deve recorrer

A motorista envolvida em um acidente de trânsito que resultou na morte de dois homens aqui em Londrina, em maio do ano passado, foi condenada pela Justiça a pagar R$ 100 mil de indenização à família de uma das vítimas. A defesa da motorista Daiane Freire, de 37 anos, informou que ainda não foi comunicada da decisão, mas que pretende recorrer.

O acidente foi registrado na madrugada do dia 1° de maio de 2018. O teste do bafômetro indicou que a condutora havia ingerido bebida alcóolica. O laudo indicou a presença de álcool no organismo dez vezes além do permitido. Daiane Freire chegou a ficar presa, mas responde ao processo em liberdade.

A indenização será destinada à família de Eliede dos Santos, de 42 anos. O pedido foi apresentado pela viúva e pelos três filhos da vítima, já que o serralheiro era o principal provedor da família. A moto em que Eliede e Jean Goulart, de 26 anos, estavam foi atingida pelo carro conduzido por Daiane. As vítimas aguardavam a abertura do sinal vermelho. Com o impacto, os corpos foram arremessados.

Valores - A Justiça determinou que cada herdeiro de Eliede receba R$ 25 mil. Além disso, a família deve receber uma pensão por danos materiais no valor de dois salários mínimos. A pensão deverá ser paga até que a viúva complete 70 anos e cada um dos filhos do serralheiro tenha 25 anos.

Jornalismo Paiquerê FM News