Investigados em processo da Operação Carne Fraca são condenados

A decisão é do juiz Ricardo Rachid de Oliveira

Dez investigados em um processo da Operação Carne Fraca forma condenados e sete pessoas absolvidas. A decisão é do juiz Ricardo Rachid de Oliveira e foi publicada nesta terça-feira (21).

A operação apura irregularidades no âmbito da Superintendência Federal de Agricultura no Estado do Paraná (SFA/PR), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).O esquema no Paraná era comandado pelo ex-superintendente regional do Mapa, Daniel Gonçalves Filho, e pela chefe do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), Maria do Rocio Nascimento.

De acordo com a Polícia Federal (PF), os servidores que recebiam as vantagens deixavam de realizar algumas fiscalizações nas sedes das empresas ou atuavam para acelerar processos da companhia dentro do ministério.

Leia mais: