Indígenas de projeto cultural recebem tablets para atividades em Londrina

Os equipamentos foram doados pela empresa Móveis Brasília, em iniciativa viabilizada pela vereadora Lu Oliveira (PL)

Em solenidade realizada no plenário da Câmara Municipal de Londrina, na quarta-feira (24), cinco indígenas da etnia Kaigang, que participam do Programa Bolsa Qualificação, foram contemplados com tablets para a realização de suas atividades. Os equipamentos foram doados pela empresa Móveis Brasília, em iniciativa viabilizada pela vereadora Lu Oliveira (PL).

Promovido pelo Governo do Estado do Paraná, o Bolsa Qualificação visa capacitar agentes para a produção e apresentação de projetos culturais, por meio de atividades on-line, conduzidas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). A ação selecionou 12 mil pessoas em todo o estado, que serão contempladas com bolsas no valor de R$ 3 mil. Realizadas no modelo de Ensino à Distância (EaD), as ações estão divididas em três módulos de 40h cada.

Os Kaingang selecionados são Nielson Ferreira, Tânia Marques da Silva, Helinho Tyj Zacarias, Helis Góg Nér Zacarias e Cleber Kronun de Almeida. A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), designou um servidor para prestar apoio a eles.