Guarda Municipal recebe 129 denúncias sobre comércio aberto em Londrina

Balanço é dos dois primeiros dias de fiscalização por decreto que determina fechamento de lojas não essenciais

A Guarda Municipal de Londrina recebeu até as 12 horas de terça-feira (24) 129 denúncias sobre estabelecimentos comerciais abertos e que deveriam estar fechados, devido aos decretos municipais que visam ode combate à transmissão do novo coronavírus. Os guardas fazem em um primeiro momento a orientação aos comerciantes, que, se voltarem a descumprir a determinação, podem ser multados em até R$ 10,8 mil. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 153.

A fiscalização é feita em toda a cidade, até mesmo na zona rural. O decreto municipal 346/2020 determinou que boa parte do comércio da cidade fosse paralisado para evitar a circulação de pessoas. Somente está autorizado a abrir quem presta serviços essenciais, como supermercados, farmácias, entre outros. Quem insistir em manter o estabelecimento aberto será multado e terá o local interditado. A multa será calculada de acordo com o metro quadrado, com valor mínimo de R$ 290 e máximo de R$10,8 mil.

Leia mais: