Erros na correção do Enem são revistos, diz Inep

Dos 3 mi de participantes, mais de 5 mil tiveram notas inconsistentes

Os erros de correção da prova do Enem 2019 já foram revistos e as notas revisadas estão disponíveis na página do candidato. A informação é do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), nesta segunda-feira (20).

O presidente do instituto, Alexandre Lopes, divulgou os resultados do trabalho feito pela força-tarefa criada para sanar o problema. Segundo ele, dos 3,9 milhões participantes 5.974 tiveram notas com inconsistências, o que corresponde a 0,15% do total.

Lopes explicou que todas as notas dos alunos que fizeram as provas foram analisadas para resolver a situação e buscar novas inconsistências que poderiam aparecer. Conforme ele, a gráfica responsável pela prova deverá prestar esclarecimentos sobre as falhas ocorridas.

Sisu – Nesta segunda, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou a ampliação do prazo para inscrições do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) para mais dois dias. Sendo assim, as inscrições iniciam nesta terça-feira (21) e agora seguirão até domingo (26), não mais até sexta-feira (24). O Sisu oferece vagas em universidades federais com base nas notas no Enem.

Leia Mais:

Com informações Agência Brasil*