Dia do Professor: Vereadoras de Londrina comentam sobre a situação da profissão no Brasil

Nesta sexta-feira, dia 15 de outubro, celebra-se o Dia do Professor

Nesta sexta-feira, dia 15 de outubro, está sendo celebrado o Dia do Professor. A reportagem da Rádio Paiquerê FM 98.9 entrou em contato com as vereadoras Flávia Cabral (PTB) e Sonia Gimenez (PSB), que atuaram por décadas como professoras em Londrina, e as questionou sobre a importância dessa data e a atual situação da categoria no país.

Flávia Cabral (PTB), que foi professora de língua portuguesa e redação durante mais de 23 anos, disse que a data é um momento para refletir e que a profissão não vem sendo devidamente valorizada no país. "Para nós, professores, é sempre uma data festiva, mas também de reflexão. Qualquer sociedade que queira se desenvolver, tem que valorizar o professor. E no Brasil que nós temos hoje, isso não vem acontecendo de uma maneira muito concreta, muito sólida".

Já Sonia Gimenez (PSB), que foi professora de química por mais de 30 anos, parabenizou a todos os professores e ainda citou um trecho do poema de Bráulio Bessa, que faz uma crítica à atual situação da profissão no Brasil. "Ah, se fosse diferente, se até o presidente se curvasse ao professor", afirmou a vereadora.

Flávia Cabral ainda destacou que há vários projetos ligados à Educação em andamento na Câmara Municipal de Londrina. "Temos projetos com relação à inclusão de linguagens, de valorização do professor por planos de carreira e também a ideia da escola integral. Estamos conversando e ouvindo muito para que esses projetos sejam assertivos e venham a contemplar os professores da cidade de Londrina", concluiu.