Defesa Civil alerta para estiagem em Londrina

Entre as orientações, entidade pede que a população economize água, evitando lavar calçadas e carros e tomar banhos demorados

A Defesa Civil do Paraná emitiu, nesta semana, um alerta para os paranaenses sobre a estiagem no Estado. Devido à falta de chuvas, o órgão pede que a população utilize água de forma racional e se atente às recomendações que ajudam a economizar esse bem finito e essencial para a vida.

Em Londrina, segundo a previsão do Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), só devem ocorrer pancadas ou chuvas após o dia 27 de setembro, ou seja, daqui 12 dias. Até lá, as temperaturas continuarão com mínimas entre 12ºC e máximas de 32ºC. Além disso, o sistema de monitoramento lembra que a previsão de estiagem no Paraná seguirá até as chuvas de verão, que devem acontecer entre dezembro de 2020 e fevereiro de 2021.

Entre as orientações da Defesa Civil estão ações que podem ser evitadas, como lavar as calçadas ou carros. Além disso, os paranaenses devem se atentar a outras medidas simples, que podem facilmente ser aplicadas no dia a dia, como manter a torneira fechada ao escovar os dentes, fazer a barba ou lavar a louça, além de tomar banhos curtos. Somente com as primeiras atitudes é possível economizar entre 12 a 80 litros de água, de acordo com dados da SABESP. Já a SANEPAR lembra que a cada 5 minutos com o chuveiro ligado vão para o ralo mais de 70 litros desse bem precioso. Por isso, se ensaboar com o chuveiro desligado pode garantir a reserva de 130 litros de água.

Leia mais

Com informações da N.Com/PML*