Defesa apresenta pedido para que Lula deixe a cadeia

Decisão será da juíza Carolina Lebbos

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com pedido para que o petista deixe a cadeia, após a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que proibiu a prisão após a condenação em segunda instância, esta é a condição jurídica do petista. A representação foi apresentada no final da manhã desta sexta-feira (08). 

De acordo com o advogado Cristiano Zanin, que representa o ex-presidente, o pedido foi encaminhado à juíza responsável, Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba. 

“Nós esperamos que a juíza possa, de imediato, expedir o alvará de soltura. Porque não há nenhum motivo para se aguardar outro ato. A decisão da Suprema Corte confirma aquilo que sempre dissemos: que não havia possibilidade de execução antecipada da pena”, destacou o defensor. 

Zanin indicou que o ex-presidente está muito sereno. Antes de apresentar o pedido, a equipe de defesa se reuniu com Lula. Não há um prazo para que a juíza se manifeste neste caso. 

Leia mais