Cidades têm atos em defesa da educação e contra a reforma da Previdência

Até o momento, os protestos foram pacíficos

Desde a manhã desta terça-feira (13), cidades brasileiras têm registrados manifestações em defesa da educação e contra a reforma da Previdência. Até o momento, todos os protestos foram pacíficos.

Olímpiada Internacional de Astronomia: brasileiros se destacam  

Em maio, o governo de Jair Bolsonaro anunciou cortes na educação. Desde então, esta é a terceira mobilização nacional para lutar pela educação pública de qualidade. A primeira mobilização ocorreu no dia 15 de maio e mais de 222 cidades do país registraram atos. Já a segunda ocorreu em 30 de maio e reuniu pessoas em, pelo menos, 136 cidades do Brasil.

A União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) foram as responsáveis por convocar as manifestações desta terça-feira.

Jornalismo Paiquerê FM News