Belinati assina termo para compra de vacinas para o município de Londrina

Prefeitos de mais de 100 municípios estão unindo forças para adquirir até 10 tipos diferentes do imunizante que protegerá a população

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, assinou nesta terça-feira (2) o termo que inclui o Município de Londrina no Consórcio de Municípios do Brasil para a compra de vacinas contra a Covid-19. Com os esforços dos prefeitos será possível adquirir 10 tipos de vacinas diferentes. Entre elas, as três que estão em contratação pelo Ministério da Saúde (MS), que são a CoronaVac, AstraZeneca (Oxford) e a Covaxin, além de outros sete tipos, como a Pfizer (BioNTech), Moderna, Janssen, Novavax, Sputnik V, Soberana 2 e Sinopharm.

Desde a chegada da pandemia ao Brasil, o prefeito de Londrina tem se esforçado para buscar alternativas para prevenir e proteger seus munícipes e a população da região. A primeira ação encarada por Marcelo Belinati foi a formalização da Intenção de Compra da Vacina CoronaVac junto ao Instituto Butantan, em São Paulo, no início de janeiro. O protocolo continua vigente para a comercialização e distribuição das doses desse imunizante e agora terá o reforço do Consórcio de Municípios do Brasil.

LEIA MAIS: